A Hora do Lanche

Seja qual for o passeio escolhido, uma coisa é certa: o lanchinho não pode faltar. Em um certo momento, é preciso interromper a brincadeira para comer e beber alguma coisinha, afinal, crianças não podem ficar de estômago vazio.




Segundo a nutróloga Márcia de Castro Sebastião, coordenadora científica do Departamento de Nutrologia da APM (Associação Paulista de Medicina), a hora ideal de oferecer um lanchinho para a criança vai depender da duração do passeio. “É bom oferecer um lanchinho antes de sair de casa e levar algum alimento na bolsa, assim caso a criança sinta fome, terá o que comer. Além disso, assim como os adultos, eles devem se alimentar a cada três horas em pequenas porções”, ensina a Dra. Márcia.
O ideal é preparar um lanchinho em casa para evitar as guloseimas da rua. Sanduíches de pães de forma e bisnagas, bolos caseiros ou industrializados, bolachas sem recheio, biscoitos e frutas cortadinhas são algumas boas opções de lanche, fáceis de ser levados na bolsa da mamãe.
Se tiver que comprar o lanchinho na rua, é melhor dar preferência a sucos naturais, milho, água de coco e sorvete de frutas, que são alimentos mais saudáveis e nutritivos. Alimentos como pastel, camarão, maionese e frituras em geral devem ser evitados devido à quantidade de gorduras e a facilidade de estragarem, especialmente nos dias quentes. É bom ainda tomar cuidado com as barraquinhas em que se compra esses tipos de alimentos, pois muitas vezes não têm condição nenhuma de higiene para o preparo do alimento.
E atenção para a hidratação da criança. Ofereça líquido constantemente durante o passeio, afinal, raramente a criança percebe que está com sede. É sempre bom levar uma garrafinha ou mamadeira de água na bolsa, dependendo da idade da criança.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bolo Integral de Maçã e Nozes

Bolo de Chocolate sem Glúten