Como se prevenir da gripe com a chegada do frio

Com alguns cuidados é possível diminuir as chances de contrair gripe e resfriado

Com a chegada do frio, aumenta a incidência de doenças respiratórias, principalmente as alérgicas como asma, renite e as infecciosas como gripe, resfriados, sinusites e pneumonias.Você sabe por quê?
Com a redução da temperatura, há uma redução da umidade relativa do ar o que favorece a irritação das vias áreas, além de aumentar a concentração de pessoas em locais fechados e pouco arejados o que favorecem a transmissão do vírus entre as crianças. Além disso, usamos casacos e cobertores de lã que ficaram guardados por muito tempo o que favorece o acúmulo de poeira e consequentemente as crises alérgicas. A grande variação de temperatura nesta época do ano pode reduzir também a defesa da mucosa respiratória e aumentar as chances de contrair um vírus ou bactérias que provoquem estas doenças.





A criança que frequenta a escola ou a creche apresenta uma maior chance de ficar doentinha pelo fato de estar mais exposta a outras crianças que tenham infecções. Além disso, o sistema imunológico ainda não está maduro o suficiente com anticorpos específicos para proteger destas doenças.

Meu filho tem resfriado todo mês! Ele está com a resistência baixa?

Não. Uma criança entre 0 a 5 anos pode ter cerca de 6 a 10 episódios de resfriados por ano, sendo a média em torno de 9.  Esse contato com o vírus é importante para a criança desenvolver a memória imunológica. Em geral a partir do 3º ano de vida, esse número diminui bastante.

Então como se prevenir?

A melhor prevenção é ter hábitos de vida saudáveis desde a infância, aumentar a hidratação e a alimentação de frutas e verduras ricas em vitamina C, como laranja, morango, Kiwi, acerola, mamão e caju, couve-flor, salsinha, pimentão, rúcula, alho, cebola, repolho, espinafre, tomate e alface. 
A gripe é uma doença contagiosa que ataca as vias respiratórias (nariz, ouvido, garganta e pulmões) causada pelo vírus chamado Influenza. Os principais sintomas são febre alta, dores pelo corpo e de cabeça, dores articulares e a tosse. Os bebês podem apresentar irritabilidade, falta de apetite e dificuldade para mamar. O vírus influenza é transmitido pelo ar através de gotículas de saliva. A melhor prevenção é tomar a vacina da gripe anualmente pois o vírus é mutante, ou seja, a sua alta replicação o faz aparecer de forma diferente a cada ano. A indicação desta vacina é a partir dos 6 meses de idade. Lembre-se a melhor prevenção para os bebês continua sendo a amamentação exclusiva até os 6 meses de vida. Mas é possível se prevenir também através da maior ingesta de suco e água, de uma boa alimentação e evitando lugares aglomerados. Para o tratamento existem antivirais específicos além dos medicamentos para aliviar os sintomas.
Já o resfriado, é uma infecção mais leves das vias áreas superiores, com febre baixa, coriza e espirros.  Não existe vacina específica e o tratamento é feito com repouso, líquido e boa alimentação. Se necessário podem ser administrados antitérmicos, descongestionantes e vitaminas, sempre após avaliação do seu pediatra.
Evite também levar o seu filho doente para escola para evitar a transmissão do vírus. Também evite lugares fechados e com aglomeração de pessoas. Procure também evitar o contato com pessoas que estejam resfriadas. Mantenha a casa sempre limpa, lave bem os casacos antes de utilizá-los e mantenha o filtro do ar condicionado sempre limpo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bailey Irish Cream Cheesecake

Bolo de Chocolate sem Glúten